Serviço de conservação e limpeza

O mercado de serviços de conservação e limpeza pode ser considerado um fenômeno recente do segmento econômico de micro e pequenas empresas. Embora houvesse prestadores de serviço atuando há muitos anos no setor, a maioria das grandes empresas utilizava uma equipe própria de limpeza. O serviço era executado sem técnicas adequadas ou equipamentos e produtos profissionais, pois as atividades não representavam a principal função da organização e os clientes ainda não davam tanta importância para a higiene do recinto na aquisição de produtos e serviços.

De acordo com as estatísticas do segmento de limpeza, este é o setor com mais crescimento no Brasil, formalizando diretamente cerca de 1,6 milhões de trabalhadores, que estão alocados em aproximadamente 13 mil empresas no país. Estatísticas revelam que 66% das empresas do setor têm até 20 funcionários e cerca de 5% têm média acima de 500 funcionários. O mercado é composto basicamente de 95% de micro, pequenas e médias empresas.

De acordo com as novas características do mercado e a grande diversificação de empresas atuantes no segmento, as oportunidades podem estar relacionadas à oferta de serviços para distintos setores da economia, podendo prestar serviços para empresas, residências, condomínios e prédios residenciais. A empresa deverá definir sua visão, missão, valores, análise de ambiente, bem como definição de seu posicionamento estratégico para atuar junto ao público alvo escolhido.

Uma alternativa de prestação do serviço de conservação e limpeza está relacionada ao crescente mercado imobiliário que aumenta as oportunidades no segmento de manutenção de limpeza de áreas comuns de condomínios.

Outra ramificação do setor de limpeza que tem crescimento bastante acentuado é o de limpeza pós-obra, uma vez que o mercado amplo de construção civil requer empresas qualificadas para a finalização dos empreendimentos e entrega aos proprietários.

A limpeza em residência é outra oportunidade dentro do mercado de limpeza que merece destaque porque é a alternativa de ofertar um serviço de diárias sem que o cliente tenha a necessidade de vinculo empregatício com o colaborador. Esse mercado tem tido crescimento acentuado após a aprovação da Lei das Domésticas. Ao contratar uma empresa de limpeza em residência, o “patrão” fica dispensado de pagar os encargos sociais e trabalhistas na realização do serviço.

Mas o grande filão do negócio é mesmo o serviço público, com 90% de instituições que praticam a terceirização, representando 60% do faturamento do segmento de conservação e limpeza.

Para a celebração de contratos junto aos órgãos da administração pública, a empresa deverá participar dos procedimentos licitatórios, estando atenta para o fato de que é requisito para a celebração de contratos a demonstração de experiência por meio de Atestados de Capacidade Técnica.

Um fator que deve ser levado em consideração é a falta de profissionais capacitados atuantes nos serviços de limpeza. A alternativa de um empreendimento com profissionais capacitados pode ser um fator de diferenciação, uma vez que, como o mercado de prestação deste tipo de serviço é bastante amplo, irão diferenciar-se as empresas que possuem, em seu quadro de empregados, profissionais qualificados para a execução de serviços de forma satisfatória.